Pesquisar no blogue

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

As galerias Lumiére renasceram

Num destes dias, sem pachorra para ligar para um restaurante a marcar reserva, decidimos (re)conhecer as velhinhas galerias Lumiére que, segundo lemos algures, tinham renascido com uma nova cara. 
O que sabíamos por certo é que teríamos lá o novo espaço da Sandeira para satisfazer o nosso apetite! :)


E assim foi, finalmente conseguimos satisfazer o desejo de relembrar as deliciosas sandes da Sandeira, após tantas tentativas frustradas de ir à Sandeira original (sempre a abarrotar de gente!), com a vantagem de sermos rapidamente atendidos e com muito espaço para nos instalarmos.




As "lojas" das galerias ainda estão bastante desocupadas, mas os espaços que já se encontram tomados, estão com negócios muitos originais e aliciantes, principalmente para o paladar. 



Assim, desta vez, para sobremesa, fomos provar os recém-famosos gelados da Sou Sweet e ficamos rendidos.



Galerias Lumiére
Rua José Falcão 157
4050-317, Porto



sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Pão de curgete & chocolate






  • 1/2 de chávena de açúcar/adoçante 
  • 2 colheres de sopa de óleo vegetal
  • 2 ovos grandes
  • 1/2 chávena de sumo de maçã 
  • 2 chávenas de farinha integral 
  • 2 colheres de sopa de cacau em pó magro
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio 
  • 1 colher de chá de canela em pó 
  • 1/4 colher de chá de sal 
  • 1 e 1/2 chávena de curgete ralada (cerca de 1 curgete média)
  • 1/2 chávena de pepitas de chocolate preto


Pré-aquecer o forno a 200°C. 
Colocar os 3 primeiros ingredientes numa tigela grande; bater com a batedeira em velocidade baixa até misturar bem. Juntar o sumo de maçã e mexer.
Noutra tigela, misturar a farinha e os próximos 4 ingredientes, mexendo bem com uma colher. 
Juntar a mistura de farinha à mistura de açúcar, envolvendo. 
Misture a curgete e as pepitas de chocolate. Envolver bem até a massa estar homogénea.
Colocar a massa numa forma de pão revestida com óleo em spray ou com papel vegetal. 
Leve ao forno por 1 hora ou até que um palito inserido no centro saia quase limpo. 
Deixe arrefecer a forma em cima de uma grelha, cerca de 10 minutos, e depois retire o pão da forma. 
Deixe arrefecer o pão completamente sobre a grelha. 

Está pronto a saborear! 


Receita adaptada daqui.



quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Para viagens fofas...



O que dar a um bebé hiper-mega-fofo com um aninho acabado de fazer?... Uma prenda hiper-mega fofa, pois claro! :)
Depois de me ter inspirado com uma série de almofadas de viagem para bebé/criança, em formas cómicas de animais, achei que uma ovelha seria um animal com um grau de fofura suficientemente elevado para servir de ponto de partida para este projeto.

Comecei por desenhar os moldes das peças que precisaria para "montar" a almofada.



Depois passei recortei as "peças" do molde nos tecidos (feltros macios e pelúcia).



Depois de alguma costura, faltou apenas o enchimento!




E aqui está o resultado final! Não ficou uma ovelhinha fofa e cómica?! :)
É um projeto de que muito me orgulho! :)







quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Vestido transforma-se em... saia!

Donna Lisa is back! :)
Mas antes das férias ainda tive tempo de fazer um projeto! 

Sabem aquela peça de roupa que está encostada no armário, que já não a usam há tempos porque há qualquer coisa nela que não resulta ou que não gostam de se ver com ela vestida? Mas por outro lado, é uma peça que apenas usaram uma ou outra vez, por isso está quase nova, e custa um bocadito desfazermos-nos dela...
Pois é, todas temos umas peças de roupa assim, e era o que estava a acontecer com este vestido de praia...


Quando olhei para ele pensei logo que era possível aproveitá-lo para qualquer outra coisa. E não há nada mais fácil do que transformar um vestido (ainda por cima, em malha) numa saia! 

E foi isso que fiz. Medi a altura que pretendia que a saia tivesse, cortei o vestido e acrescentei uma faixa na cinta com um resto de jersey vermelho que tinha em casa.

E aqui está uma peça de roupa nova, sem custo! :)